segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Aniversário de 69 anos do lançamento da bomba atômica sobre Hiroshima e Nagasaki

No dia 6 de agosto de 1945 - no final da Segunda Guerra Mundial - os Estados Unidos da América bombardearam a cidade de Hiroshima , no Japão. Três dias depois foi a vez de Nagasaki, também localizada nesse pais.O bombardeamento das cidades japonesas pode ser considerado o maior atentado terrorista da história da humanidade, já que o objetivo do governo e do exército dos EUA era aterrorizar a população japonesa e, assim, evitar uma invasão ao país para por fim à guerra. Em 06 de agosto de 1945, um bombardeiro B-29, apelidado de Enola Gay, despejou uma bomba de urânio (ironicamente chamada de “little boy”) sobre a cidade de Hiroshima, que explodiu a 570 metros do solo. Formou-se uma imensa bola de fogo no céu com uma temperatura de 300 mil graus Celsius, gerando uma imensa nuvem de fumaça na forma de cogumelo, que alcançou mais de 18 km de altura. Estimativas indicam que mais de 140 mil pessoas tenham morrido.Três dias depois um novo alvo foi atingido. Sobre a cidade de Nagasaki, outro bombardeiro B-29, o Bockscar, despejou a “Fat Man”, uma bomba de plutônio mais forte que a que havia explodido sobre Hiroshima. A topografia de Nagasaki, localizada entre montanhas, impediu uma maior irradiação dos efeitos da bomba. Entretanto, mais de 40 mil pessoas morreram. Além das mortes em decorrência da ação direta das duas bombas, dezenas de milhares morreram posteriormente em decorrência da radiação.

Abaixo, segue um documentário feito pela National Geographic, sobre esses bombardeios e suas consequências :



Fonte: http://www.historiadomundo.com.br/idade-contemporanea/hiroshima-e-nagasaki-bombas-e-terror.htm
Postar um comentário